PROJETO DE HOMENS ESCOLHIDO MELHOR DO ESTADO PELA FAMURS

08.07.2019

PROJETO DE HOMENS ESCOLHIDO MELHOR DO ESTADO PELA FAMURS
O projeto com o grupo de homens “Partiu viver e conviver – Arte em Pvc”, foi eleito o melhor projeto do Estado, recebendo o prêmio “Boas Práticas na Gestão Pública Municipal”, durante o 39º Congresso da Famurs, no dia 5 de julho, em Bento Gonçalves.

O grupo Partiu Viver e Conviver – Arte em PVC foi criado em setembro de 2017 e surgiu de uma demanda que não estava sendo assistida dentro do município, com o objetivo de promover o acompanhamento de homens em reabilitação por uso de álcool, situações de isolamento, fortalecimento de vínculos familiares e sociais, bem como o resgate da autonomia e auto estima. Participam do grupo Aldoir Quini, Itacir de Freitas, Osmar de Freitas, Lauri Pacini, Paulo Martinaci, Evilasio dos Santos e Sergio Feraboli.

A prefeita Catea Rolante que participou da premiação, juntamente com o vice-prefeito Alvaro Giacobbo, a secretária da Assistência Social Eliana Giacobbo, o secretário da Saúde Zaquiel Roveda e a equipe que coordena o grupo, destacou que “é muito gratificante participar de uma premiação desse nível e conquistar o 1ºlugar no Rio Grande do Sul entre tantos municípios que participaram. Muito feliz pela equipe que desenvolve esse trabalho maravilhoso com o grupo de homens, resgatando valores do ser humano, oportunizando convivência e aprendizado. É um trabalho minucioso e tão bonito que os homens desenvolvem. A eles, parabéns pela coragem e pelas conquistas que vem acontecendo na vida pessoal e familiar de cada um. Proporcionamos um projeto que foi aceito e isto está tendo um efeito positivo, melhorando a qualidade de vida dos participantes, além de proporcionar uma atividade de geração de renda.”

Para a oficineira do pvc, Carol Cechin, “é um sentimento de muita alegria em ver o resultado de uma busca para ajudar ao outro, de ver o artesanato fazer diferença na vida de outra pessoa, de poder dividir a nossa sabedoria para um bem comum que está auxiliando na melhora da qualidade de vida dos participantes, além de oportunizar renda com o trabalho que aprendem durante as oficinas.”

O projeto é uma parceria entre as secretarias da Assistência Social e da Saúde, tendo o intuito de manter uma visão biopsicossocial dos usuários, trabalhado em rede com apoio de uma equipe multiprofissional. O grupo é aberto e ocorre quinzenalmente no Cras, nas quartas-feiras, e na Saúde, na segunda-feira, na parte da manhã e, atualmente, possui 7 integrantes assíduos de diversas localidades do município. Os encontros são divididos em dois momentos, primeiramente é realizada a acolhida dos usuários com uma roda de conversa e dinâmicas integrativas relacionadas com o tema abordado, temas esses sugeridos pelos usuários e observação técnica da equipe. No segundo momento é utilizado como dispositivo o artesanato em PVC. A partir do vínculo fortalecido no projeto os usuários divulgam esses trabalhos, através de participação em eventos, fóruns e grupos de outras entidades que se interessam pelas técnicas inovadoras do PVC. Interessados em participar do grupo devem procurar a equipe técnica para encaminhamentos necessários.

Dentre 48 projetos apresentados, o de Doutor Ricardo foi escolhido melhor projeto na área da Assistência Social, concorrendo com outros 48 do Estado. No total, concorreram 178 municípios, que apresentaram 374 projetos em dez categorias.

O projeto é uma parceria entre as secretarias da Assistência Social e da Saúde, com o objetivo de promover o acompanhamento de homens em reabilitação por uso de álcool, situações de isolamento, fortalecimento de vínculos familiares e sociais, bem como o resgate da autonomia e autoestima.