“À MODA ANTIGA”

15.05.2018

TerçoFiló_Palacin (198)A comunidade São Bras/Palacin retratou da forma muito original o filó. “À moda antiga” foi a expressão utilizada por vários vovôs e vovós que participaram do terço e do filó. A comunidade dedicou tempo na organização do local, à beira da estrada onde está localizado capitel Santo Antônio, limpando em meio a plantação de eucaliptos, ficando o chão na terra com cobertura de lonas para proteger da umidade.

Os “tcharetos” construídos em taquaras simbolizaram a luz nas caminhadas que faziam e a religiosidade, que, além de criar o ambiente propício para o filó lembram da história e da tradição mantidas. Um deles, construído pelo senhor Dirceu Dorigon, foi para lembrar da época da infância dos filhos, quando fez para iluminar a casa.

Ao entardecer, os membros da comunidade ainda terminavam de organizar o local e já recebiam os visitantes, em torno de 200 pessoas. O terço com as ladainhas foi rezado na estrada que passa em frente ao capitel. A partilha das comidas e bebidas iniciou logo após o terço.

Entre as comidas, destaque para a polenta assada na brasa em cima de varinhas de erva-mate, pinhão assado na grimpa(espinhos de pinheiro) porco no tacho, torresmo feito na hora. Além de polenta e salame brustolado, batata doce, brodo com queijo ralado caseiro, chás, cuca, pão, rapadura, amendoim, bolos, bolachas, salame, queijo, enfim, tudo para comer bem em uma noite que recordou a história, a tradição em trazer presente e acesos o que fora vivenciado pelos imigrantes e seus descendentes. O jogo da mora e a imitação de charutos também fez parte da noite do filó.

Um dos líderes da cTerçoFiló_Palacin (138)omunidade, Dirceu Dorigon, é um dos entusiastas na valorização da cultura italiana. “Estamos muito contentes em ter organizado e recebido a comunidade ricardense aqui no São Bras. Procuramos retratar um ambiente com o que se fazia antigamente, coisas que nós também fizemos e devemos sempre lembrar de como foi e manter com orgulho essa história que foi difícil e que hoje temos muita dedicação para vivenciar.”