PROJETO EMATER NA ESCOLA VISITA ESCOLA TÉCNICA

07.01.2019

PROJETO EMATER NA ESCOLA VISITA ESCOLA TÉCNICA EM GUAPORÉ

Na tarde de quinta-feira, 3 de fevereiro, foi realizada uma visita técnica à Escola Estadual Técnica Agrícola Guaporé. A atividade fez parte Projeto Emater na Escola, desenvolvido no ano de 2018 com 17 alunos da EMEF Olavo Bilac. O grupo teve a oportunidade de conhecer as dependências da escola, como vivem os internos, noções básicas de funcionamento e regramento, as unidades produtivas e as atividades desenvolvidas pelos alunos. A Escola Técnica Agrícola Guaporé oferece Curso técnico em Agropecuária integrado ao ensino médio e o curso técnico em agropecuária subsequente. Além dos alunos, acompanharam a visita o vice-prefeito Alvaro Giacobbo, a secretária de Educação Eliana Giacobbo, a coordenadoda da EMEF Olavo Bilac Laudiana de Bortolli, o secretário da Agricultura e Meio Ambiente Bruno Dall Agnol, e a extencionista da Emater Renata Bigliardi

Foram recebidos pelo vice-diretor Adir Cigognini, que falou sobre o funcionamento e as regras da escola e destacou uma preocupação efetiva em ofertar uma formação de profissionais que tenham domínio da prática, e não só da teoria, que contribua para que os alunos saiam preparados para o mercado de trabalho.

A secretária da Educação, Eliana Giacobbo valorizou a visita. “Fomos muito bem recebidos pelo vice-diretor Adir Cigognini que mostrou todos os ambientes da escola. Um local muito bem cuidado onde a gestão atual se preocupa e faz tudo o que é necessário e possível para que a escola ofereça um serviço do mais alto nível, portanto preocupada com a qualidade, refere que os alunos que ficam na escola precisam gostar de estudar e gostar da lida do campo. É uma gestão com regras mais rigorosas para melhorar a infraestrutura da escola e a qualidade do ensino.”

“Foi uma oportunidade de conhecer melhor a escola em que vou estudar nos próximos 3 anos” declarou muito empolgado o aluno Erick Peruchini, que já fez sua matricula, e irá cursar o Ensino Médio na Escola Técnica.

Segundo a extensionista da Emater, Renata Bigliardi, a visita fazia parte das atividades do projeto, com o objetivo de apresentar aos alunos opções de especialização. “Além de terem mais oportunidade no mercado de trabalho, eles também podem aplicar o conhecimento adquirido na própria propriedade.”

O secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Bruno, que estudou na escola, entende que a base da economia de nosso município é agrícola e, desta forma, deve-se fomentar a melhoria constante destas propriedades. “O projeto e a visita contribuem para uma melhora contínua, com a profissionalização de quem está no campo, e quem será o futuro de nosso município, para assim, estes jovens agricultores tornarem-se pessoas bem sucedidas em suas propriedades. Isto é um diferencial para quem estuda em um curso técnico juntamente com o ensino médio, ao formar-se, além de toda a bagagem de cursos, viagens técnicas, visitas a grandes feiras do setor, também será um diferencial para o quem irá estar no mercado de trabalho. Quem decidir partir para um curso superior na área, agronomia, veterinária, já terá uma boa base de conhecimento para sua futura graduação.”

A finalidade deste projeto Emater na Escola é apoiar, manter e incentivar os jovens a permanecer, investir, evoluir e construir suas vidas junto às propriedades rurais do município orientando sobre assuntos relacionadas à área de agricultura, possibilitar maior integração entre alunos, escola e comunidade, democratizando o acesso ao conhecimento, a fim de proporcionar uma alternativa de desenvolvimento sustentável para a região na qual esses alunos estão inseridos.